Cobertura completa: O Chocolat Festival – Festival Internacional do Chocolate e Cacau chega à sua 13ª edição em Ilhéus.

O Chocolat Festival – Festival Internacional do Chocolate e Cacau chega à sua 13ª edição em Ilhéus. O lançamento do evento, considerado o maior encontro de profissionais do segmento naAmérica Latina, ocorreu na última quarta-feira (22), no Iate Clube.

A apresentação contou com as presenças do prefeito Mário Alexandre, do secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jeandro Ribeiro, do organizador do festival, Marco Lessa, empresários, gestores públicos, secretariado municipal, imprensa e demais autoridades.

“O cacau é o nosso maior produto em grão, que repercute no mercado mundial por conta do chocolate. Além de fortalecer e valorizar a cultura, impulsiona o consumo das nossas riquezas locais, sem falar no setor turístico. Agradeço a parceria de Marco Lessa, do Governo do Estado e de todas as pessoas que nos ajudam a fortalecer projetos como este, que focam na qualidade de vida do nosso povo”, destacou Mário Alexandre.

Marco Lessa – Ilhéus 22 de junho de 2022

MarNa oportunidade, Jeandro Ribeiro frisou a importância do festival e a necessidade de ampliar para outras cidades, a fim de integrar as riquezas do cacau por toda a região. Ilhéus vai sediar o Chocolat Festival dos dias 21 a 24 de julho.

A programação inclui cozinha show, ateliê de esculturas de chocolate, espaço educativo para crianças, shows com artistas regionais e nacionais, entre outras atrações. O evento nasceu em 2008, em Ilhéus, com o intuito de seguir fomentando toda a cadeia produtiva do cacau ao chocolate, além de aspectos culturais e artísticos em torno do setor.

Do Diário no Bahia

Chocolat Festival é lançado em Ilhéus para setor produtivo do cacau

O Chocolat Festival 2022 foi lançado, nesta quarta-feira (22), para o setor produtivo do cacau e para a imprensa regional do Litoral Sul da Bahia. O evento, que nasceu em 2009, chega à sua 22ª edição, no período de 21 a 24 de julho, em Ilhéus.

“São mais de 100 marcas de chocolate só da Bahia. Temos mais de 60 mil pessoas capacitadas em 23 edições e resolvemos empreender esse projeto no Brasil e no mundo, porque temos que estimular, onde tem cacau, a mudança de vida dos produtores, pois 99% são pequenos produtores”, destaca o CEO do festival, Marco Lessa.

Sob essa perspectiva, o evento já está consolidado na Bahia, no Pará e em São Paulo. Em 2022, o festival estará presente em mais cinco cidades brasileiras. “Para seguir fomentando toda a cadeia produtiva do cacau e chocolate, além de aspectos culturais e artísticos, em torno do setor”, completa Lessa.

Para o secretário de Desenvolvimento Rural, Jeandro Ribeiro, o Chocolat Festival é um grande encontro de quem produz desde a amêndoa de cacau ao chocolate. “Essa integração é perfeita e hoje a gente fez um desafio aqui: a sociedade do cacau, essa região toda do cacau, que vai do Extremo Sul da Bahia ao Baixo Sul, passando pelo Médio Rio de Contas, Vale do Jiquiriçá e Litoral Sul, onde todos estejam embebecidos pelo festival, pelo chocolate, para que esse ano a gente possa fazer um evento que esteja integrado com as ações no rural, como o Assentamento Dois Riachões, em Ibirapitanga, o Assentamento Terra Vista, em Arataca, Bahia Cacau, em Ibicaraí, e Coofassulba, em Ilhéus”.

O secretário da SDR lembra que, desde 2015, o governo estadual já investiu mais de R$ 2,9 bilhões na agricultura familiar em todo o estado. Somente no Litoral Sul, os investimentos são superiores a R$ 133 milhões. “Ou seja, a gente tem hoje um ambiente muito favorável para integrar as ações nos municípios com o festival do chocolate”.

Participaram do lançamento do Chocolat Festival os prefeitos de Ilhéus, Mário Alexandre, e de Itacaré, Antônio de Anízio, entre outras representações do Litoral Sul.

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de e-mail

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.