Colégio Vitória recebe homenagem no plenário da Câmara pelos seus 42 anos de fundação

0

Ao participar das homenagens da Câmara Municipal de Ilhéus aos 42 anos de fundação do Colégio Vitória, ocorridas ontem (22) à tarde, no Plenário Gilberto Fialho, a diretora Ana Carolina Melo, destacou que a longevidade da instituição de ensino está diretamente ligada ao modelo de escola que promove o encontro dos diversos e de todas as demandas da sociedade.

“Costumo dizer que nós procuramos sempre que a instituição escola seja mais do que o lugar de se aprender história, geografia, português ou matemática. Escola é o exercício da vida e tem que ser assim. Muitas vezes somos criticados por isso. Mas fazemos valer essa posição filosófica da escola”, afirmou.

A homenagem ao Colégio Vitória foi proposta pelo vice-presidente da Casa, vereador Fabrício Nascimento (PSB) e aprovada por todos os vereadores. Ana Melo lembrou que, ao receber a placa comemorativa à data, no plenário da Câmara, sentiu-se em sua própria casa, pelo fato de a Câmara ser a Casa do Povo, “como nós somos”.
Entre os vereadores, lembranças marcantes da instituição. O presidente Jerbson Moraes e os irmãos foram estudantes da escola. O vereador Alzimário Belmonte, o Gurita, atuou como professor de educação física. A vereadora Ivete Maria teve os seus três filhos educados na instituição. Eles fizeram questão de destacar a importância da escola na formação dos jovens da região.

Durante a homenagem, o nome da educadora Adélia Melo, uma das fundadoras da Escola, foi lembrado e destacado como um dos pilares mais importantes destes 42 anos do Colégio Vitória. “Agradeço a lembrança de minha mãe e posso falar a todos vocês que, agora aposentada, ela está se dedicando à reedição dos livros didáticos sobre a história de Ilhéus”, anunciou Ana Carolina. Trata-se do único material didático que existe no município para atender a Lei do ex-vereador Nizan Lima dos Santos, aprovada pela Câmara, que instituiu a obrigatoriedade do estudo da história local pela rede de ensino de Ilhéus.

A homenagem ao Colégio Vitória ocorreu um dia antes das comemorações do Dia Nacional pelo Piso Salarial dos Professores, que ocorre hoje. “Esta quarta, portanto, é um dia de reflexão e de luta, porque a dimensão do salário destes profissionais tem a ver com a sua valorização”, ressaltou Ana Carolina, concluindo que nestes 42 anos a chancela de solidez, da filosofia do propósito educacional que move a instituição ao longo da história é, sem duvida, o grande legado da instituição de ensino a Ilhéus e ao sul da Bahia”.

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de e-mail

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários