Ministério da Saúde altera larvicida utilizado pelos agentes de combate às endemias

Disque-dengue – (73) 3234-2031
Disque-dengue – (73) 3234-2031

A Prefeitura de Ilhéus informa que o Ministério da Saúde alterou o larvicida utilizado pelos agentes de combate às endemias (ACEs) nas ações para controle do mosquito Aedes aegypti no município, em atendimento à nota técnica nº 10/2021. O novo larvicida é chamado Espinosade, cuja formulação em pastilhas possui como característica duas camadas de tratamento, uma efervescente, que ao contato com a água inicia o processo, e outra de liberação lenta, que trata o depósito durante 60 dias.

A alteração é necessária para que as larvas do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, febre amarela e chikungunya, não criem resistência a inseticidas e à fórmula do larvicida. Conforme a Secretaria de Saúde (Sesau), os ACEs estão sendo treinados para manejo do novo produto, realização das visitas domiciliares e tratamento de todos os depósitos. Antes da alteração, os agentes utilizavam o Piriproxifen.

Disque-dengue – O munícipe pode efetuar denúncias de possíveis criadouros do mosquito em terrenos baldios, casas abandonadas e áreas mais críticas, através do número (73) 3234-2031.  O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A comunidade, por sua vez, também deve contribuir com a ação preventiva, cobrindo tanques e tonéis, evitando o acúmulo de garrafas, copos descartáveis, latas, pneus, dentre outros objetos que ficam a céu aberto com água parada.

Disque-dengue – (73) 3234-2031
Disque-dengue – (73) 3234-2031
Disque-dengue – (73) 3234-2031
Disque-dengue – (73) 3234-2031

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui