back to top
InícioITABUNAGoverno do Estado Revitaliza Central de Triagem em Itabuna pós-incêndio: Esperança Renovada
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Governo do Estado Revitaliza Central de Triagem em Itabuna pós-incêndio: Esperança Renovada

Em Itabuna, no dia 9 de janeiro de 2024, o Governo do Estado promoveu a entrega de equipamentos voltados para a revitalização da Central de Triagem da Coleta Seletiva no município. Esta iniciativa visa restabelecer a unidade, prejudicada por um incêndio ocorrido em 1º de janeiro deste ano, que ocasionou danos a equipamentos essenciais e afetou a renda de 50 famílias atendidas na referida central. A ação foi coordenada pelos secretários do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, e do Meio Ambiente (Sema), Eduardo Sodré, acompanhados pela primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Tatiana Velloso, e pelo prefeito Augusto Castro.

Entre os itens entregues estão 38 conjuntos de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), uma prensa hidráulica e dois veículos compactos elétricos. Adicionalmente, nos próximos dias, a central receberá uma balança eletrônica, 40 cadeiras, dez mesas plásticas, dois veículos para movimentação de cargas, 15 luminárias de emergência, uma geladeira e um fogão.

A catadora Maria de Jesus, beneficiária direta dessas operações, ressaltou a importância do apoio para a retomada das atividades da unidade: “Dependemos desse trabalho diariamente, e o incêndio nos deixou desamparados. Com os materiais fornecidos pelo Governo, não nos sentimos solitários nessa batalha. É mais do que simples equipamento; é a restauração da esperança e dignidade que eles estão nos proporcionando.”

Tatiana Velloso, primeira-dama da Bahia, enfatizou o papel fundamental das centrais de triagem, como a de Itabuna, na educação ambiental: “Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, essas iniciativas são essenciais para a geração de emprego e renda para os catadores de material reciclável. É fundamental estarmos comprometidos em fortalecer não apenas a infraestrutura desses espaços, mas também em promover a conscientização ambiental, garantindo um futuro mais sustentável para as comunidades envolvidas.”

Veja Também  Cremeb realiza concurso público para médicos fiscais e técnicos de nível médio com vagas para Itabuna; inscrições abertas

A ação incluiu também a entrega de 60 cestas básicas do programa Bahia Sem Fome, que serão distribuídas ao longo de quatro meses, proporcionando suporte social às famílias impactadas. Tiago Pereira, coordenador da iniciativa do Governo do Estado, destacou: “Não podemos esquecer que, por trás dos equipamentos e das ações técnicas, há vidas, famílias que dependem dessas operações. Estamos comprometidos não apenas em restabelecer a infraestrutura, mas também em apoiar essas comunidades de maneira abrangente.”

Segundo o secretário da Setre, os equipamentos desempenharão um papel crucial no trabalho dos catadores de materiais recicláveis: “A prensa hidráulica, os carros elétricos compactos, os EPIs e outros itens não apenas otimizam as operações na central, mas proporcionam condições de trabalho mais seguras e eficientes. Estamos comprometidos em fornecer os recursos necessários para fortalecer a atuação desses profissionais, contribuindo para a reciclagem e para a melhoria das condições de vida dessa importante comunidade de trabalhadores.”

Em relação à estrutura, o Governo do Estado está realizando estudos para construir uma nova sede para a Central de Triagem. Este futuro espaço proporcionará maior amplitude e uma estrutura aprimorada para as atividades da coleta seletiva, oferecendo condições mais adequadas aos trabalhadores envolvidos, contribuindo para a eficiência das operações e o bem-estar da comunidade local.

Relembrando o incidente, o incêndio que atingiu a Central de Triagem da Coleta Seletiva de Itabuna ocorreu na madrugada de 1º de janeiro de 2024, no bairro Lomanto. O Corpo de Bombeiros controlou as chamas sem feridos. Para discutir as medidas adotadas para mitigar as consequências do incêndio, um encontro foi realizado na manhã da sexta-feira (5), com o grupo de trabalho formado por parceiros do Programa Recicla Itabuna, incluindo representantes do Governo do Estado. Durante a reunião, foram avaliadas as ações tomadas pelo município para lidar com os impactos do incidente.

Veja Também  Cacau NY atinge novo recorde US$ 6343,50 dólares | SACA DE CACAU é negociada a R$ 1740,00 na Bahia

No que diz respeito à coleta de materiais recicláveis e à gestão da Central de Triagem de Recicláveis do Programa Recicla Itabuna, a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Itabuna (Aacri), composta por aproximadamente 50 famílias, é a responsável por essas operações. A Associação, autogestionária e acompanhada por órgãos de controle, como a Defensoria Pública do Estado da Bahia e o Ministério Público do Trabalho, atua como instrumento de educação ambiental em parceria com escolas, empresas, condomínios e comunidade, além de ser um meio de geração de emprego e renda para os catadores de material reciclável.

Fonte: https://www.ba.gov.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

POST SEMELHANTES

aconteceu

MAIS VISTOS