InícioDESENVOLVIMENTO URBANOIlhéus: Como seria a transformação da praia do centro em Paraíso...
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Ilhéus: Como seria a transformação da praia do centro em Paraíso Urbano?

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Entrar no Grupo do Whatsapp - 73 9 9868-0000

Descubra como a remoção da vegetação rasteira pode transformar a praia do centro de Ilhéus em um paraíso urbano.

Praias Urbanas: Um Paraíso em Potencial

A Avenida Soares Lopes é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, com intenso trânsito de população local e turistas. Imagine se a praia não tivesse a vegetação rasteira e a areia fosse limpinha? Seria um verdadeiro paraíso! Neste artigo, vamos explorar as vantagens de uma praia urbana central de Ilhéus sem vegetação rasteira e o impacto visual de uma praia bem cuidada.

O Problema da Vegetação Rasteira

A vegetação rasteira é um problema comum em muitas praias urbanas. Ela pode ser um obstáculo para os banhistas e pode até mesmo ser perigosa. Sem a vegetação rasteira, a praia central de Ilhéus seria muito mais atraente para os turistas. Os banhistas poderiam desfrutar de uma praia limpa e segura, sem se preocupar com a vegetação rasteira e pequenos animais que transmitem doenças.

Praia da Avenida Soares Lopes em ilhéus, Intensa vegetação rasteira que passa um aspecto negativo para a orla principal da cidade. Conceito Negativo de Praia Urbana.

O Impacto de uma Praia Bem Cuidada

Além disso, uma praia bem cuidada tem um impacto visual muito positivo. A areia limpa e sem animais de pequeno porte e vegetação rasteira com aspecto sujo é muito mais atraente para os turistas. Uma praia limpa em área urbana pode trazer muitos benefícios para a cidade. Ela pode atrair mais turistas, gerar mais empregos e aumentar a economia local.

Veja Também  Ponte Jorge Amado completa 6 meses sem Iluminação Cênica em Ilhéus

Praias Urbanas ao Redor do Mundo

Além das praias urbanas no Brasil, existem muitas praias urbanas na Europa e Austrália que são bem conectadas à cidade e têm um aspecto muito mais agradável para a população. Essas praias são muito populares entre os turistas e os moradores locais. Na Europa, a praia de Somorrostro em Barcelona e a praia de Copacabana no Rio de Janeiro são exemplos de praias urbanas bem conectadas à cidade. Na Austrália, a praia de Bondi em Sydney e a praia de St Kilda em Melbourne são exemplos de praias urbanas bem conectadas à cidade.

Praia de Somorrostro em Barcelona totalmente integrado ao urbanismo!!!
Praia de Copacabana Rio de Janeiro – Urbanismo Integrado e Conceito de Praia Urbana Limpa
Praia de Bondi em Sydney – Conceito harmônico de praia limpa nas proximidades do centro
Praia de St Kilda em Melbourne!!!

Para uma transformação efetiva da praia central de Ilhéus em um verdadeiro paraíso urbano, é crucial que a iniciativa seja realizada em colaboração com a Prefeitura de Ilhéus, o Ministério Público Estadual da Bahia e os órgãos de defesa ambiental. Juntos, esses entes podem formar um projeto sólido e sustentável que respeite as normas ambientais e atenda às necessidades da população local e dos turistas. Com planejamento e cooperação, podemos alcançar o conceito de uma praia urbana limpa e segura, beneficiando todos os envolvidos.

Conclusão

Em conclusão, uma praia urbana central de Ilhéus sem vegetação rasteira e com areia limpinha seria um verdadeiro paraíso. Os banhistas poderiam desfrutar de uma praia limpa e segura, sem se preocupar com a vegetação rasteira. Além disso, uma praia bem cuidada tem um impacto visual muito positivo e pode trazer muitos benefícios para a cidade. Vamos torcer para que a praia central de Ilhéus possa ser transformada em um verdadeiro paraíso em breve! Essas praias urbanas são muito populares entre os turistas e os moradores locais, pois oferecem uma maneira fácil e conveniente de desfrutar do mar e da praia sem ter que viajar para longe. Além disso, essas praias são bem cuidadas e têm um aspecto muito mais agradável para a população. Elas são um ótimo exemplo de como as praias urbanas podem ser uma adição valiosa para qualquer cidade.

Veja Também  Jornada Pedagógica abre ano letivo e reúne cerca de mil profissionais da rede municipal de Ilhéus

27 COMENTÁRIOS

  1. não, não seria um paraíso, pq é uma área de preservação, se for fazer um projeto para a orla precisa ser bem feito e passar por um acordo populacional, da pra fazer uma obra bacana sem desmatar a vegetação, basta pensar em medidas efetivas.

    • O que tá sendo discutido é aquele matagal que fica próximo ao mar não tem nada haver com preservação ali irmão é necessário que se faça uma limpeza em toda extensão da praia o que já era pra ter feito.

    • O artigo fala apenas em limpar a areia da praia e deixar branca e limpa, tornar a praia do centro com aspecto positivo para a cidade. Não é citado nem sugerido obras na faixa de areia apenas limpeza já que ali não reside nenhum animal silvestre, muito pelo contrário, é local de sujeira, e animais que transmitem doenças como ratos.

      • A Cidade de Ilhéus como um todo vive um profundo abandono. São as ruas e passeios mal acabados, a inexistência de um sistema de captação de águas das chuvas constantes, ou seja, uma falta total de urbanização na cidade.
        Com relação a orla, tanto a do Malhado como a da Soares Lopes, a degradação é total. Falando especificamente com relação a praia da avenida que é o tema da matéria, seria preciso uma limpeza total do mato que toma conta para posteriormente fazer junto com a iniciativa privada obras de infraestrutura para tornar essa área habitável e atraente para os moradores da cidade e tambem os visitantes. Veja a praia da cidade de Santos com 7,5km de jardins, com pistas para caminhar, quiosques de alto nivel, bancos, iluminação, guarda municipal, além das 2 pistas com 2 faixas cada para os automóveis, com estacionamentos, ciclovias e uma ampla faixa de areia até o mar. Acorda Ilhéus! Já estamos no século 21. Vamos em frente. Existe vida além do cacau.

    • Sou ilheense tenho 60 anos na minha infância eu lembro quando ia na Av. Soares Lopes, quando a maré tava cheia, o mar chegava perto das amendoeiras que hoje estão no canteiro central da Avenida. Não havia mato nem restinga nenhuma essa área.

  2. A area verde é um diferencial, a questal não seguir exemplos puramente de interesse empresarial e sim cuidar do que temos aliado a inovações.Chega de destruir vamos criar,contruir e cuidar com todo carinho o que por enquanto a natureza nos oferece.

    • O artigo fala apenas em limpar a areia da praia e deixar branca e limpa, tornar a praia do centro com aspecto positivo para a cidade. Não é citado nem sugerido obras na faixa de areia apenas limpeza já que ali não reside nenhum animal silvestre, muito pelo contrário, é local de sujeira, e animais que transmitem doenças como ratos.

  3. Parabéns pela matéria, meu amigo!! Os moradores e comerciantes só tem a ganhar com um serviço dessa natureza. Imagina a areia limpa, os passeios e pistas reconstruídos (inclusive as pistas mais antigas e desertas), refletores voltados para o mar…nossa cidade é linda demais! A avenida ainda há de ser a nossa Copacabana! Rs

  4. Mantenham o verde! Todas essas praias possuem problemas por falta de restinga. O maior problema de Ilhéus é o esgoto e lixo nas praias. Falta de conservação da população e campanhas de conscientização da prefeitura a respeito disso. Cadê as lixeiras seletivas e as campanhas educacionais sobre meio ambiente ? O mundo querendo preservar o verde e ir na contramão disse seria uma Vergonha !!

  5. Engraçado que ninguém fala nada a respeito do desmatamento que está sendo feito na praia do sul, estão derrubando várias árvores pra ser levantado prédios, agora vcs ficam falando de restinga na avenida Soares Lopes, eu só vejo um matagal tomando conta da nossas praia no centro da cidade, uma vergonha, naquele matagal que vcs chamam de restinga acontece vários estupro e assalto a mão armada, temos quer cuida sim do nosso cartão postal.

  6. Sem fazer nenhum tipo de política, o ex prefeito Jabes Ribeiro tinha uma atenção especial com a praia da avenida, ” pelo menos era o único que limpava” esperamos que as próximas gestões municipais, tenha esse carinho com a população e com a praia da avenida Soares Lopes.

  7. Foi assim que se deu início às grandes especulações imobiliárias nos lugares citados e problemas de (in)sustentabilidade irreversíveis. As plantas rasteiras são proteção das áreas costeiras, Qualquer intervenção nesse sentido prejudica irremediavelmente a natureza adjacente incluindo fluxo de marés. Seria mais regenerativo e inteligente fazer trechos de passarelas semi aéreas para acesso às areias, causando menor impacto na vegetação- que não é sujeira!- e evitando assim que áreas lindas sofram impactos futuros das construções imobiliárias.

    • Pare de escrever asneiras há 50 anos atrás a maré alta chegava próximo das amendoeiras do canteiro central, nunca houve mata de restinga aí. Sou ilheense e tenho 60 anos, posso falar com propriedade, existe fotos antigas que comprovam isso.

  8. Gostaria de salientar que a abordagem ao tema foi rasa e superficial, pra não dizer inocente. Atentando-se apenas as elucubrações do senso comum, sem as minúcias de uma discussão científica séria, pautada na coerência e mediação de um profissional da área ambiental.
    A vegetação rasteira citada na notícia, trata-se de uma área de restinga, um ambiente natural pertencente ao paradisíaco litoral brasileiro, trata-se portanto de um ambiente com características únicas, que abriga uma imensa gama de espécies singulares, adaptadas para sobreviver a condições muitas vezes extremas de salinidade, temperaturas, umidade e fortes ventos.
    A magia deste ambiente tão delicado, intrigante e complexo está em constante luta contra os interesses especulativos e sofrendo com ações impensadas de uma certa espécie animal, denominado pela ciência como Homo sapiens.
    As Restingas estão enquadradas, no Novo Código Florestal, como Área de Preservação Permanente – APP.
    As restingas exercem uma série de bens e serviços socioambientais, dentre eles a fixação de dunas litorâneas. As dunas e restingas, formam não só um ecossistema rico em espécies de fauna e flora endêmicas, mas também protegem o litoral de eventos erosivos das ondas e marés. Não só atuando como uma barreira física, mas também fornecendo e fixando sedimentos que auxiliam na recuperação das praias e na formação das ondas e dos bancos de areia.
    Em suma, a retirada dessa vegetação não garante em nada as características paradisíacas citadas no texto. Caso, tal suposição fosse verídica, as praias de Ilhéus que não tem vegetação rasteira, não apresentariam elevado quantidade de sujeira e lixo espalhados – que podem ser confirmados com o GAP – que realiza diversas campanhas de limpeza nas praias.
    Outro ponto, os animais que transmitem doenças circulam livremente por toda a cidade e não apenas na área de restinga.
    O paraíso depende de cada um de nós! Podemos começar não jogando o lixo nas ruas, calçadas e praias.
    É importante ampliar essa discussão!

  9. A praia da Avenida, com aquele matagal, não transmite idéia de beleza, nem acolhimento e nem utilidade pública. Não tem muito tempo que serviu de desova de corpo humano degolado. Não serve para preservação de nenhuma espécie, apenas para proliferação de ratos, mosquitos e outras espécies nocivas à saúde.
    A idéia de deixá-la limpa é o que a população espera, desde a inauguração da nova ponte.
    Um lindo parque infantil, aparelhos para exercícios físicos, trilhas para caminhadas, campos para jogos variados, plantação de lindas árvores dariam um aspecto humanizado para essa área.

  10. Boa propaganda para desmatar e lotear a praia para os amigos do rei ficarem ainda mais servidos e se fartando, com um.grupo político q se perpetua sem fazer nem abrigos onibus e limpeza ou iluminação pública q preste

  11. Boa propaganda para desmatar e lotear a praia para os amigos do rei ficarem ainda mais servidos e se fartando das areas publicas da cidade… ja basta as barracas invasoras faveladas de toda orla ! com um.grupo político q se perpetua sem fazer nem abrigos onibus e limpeza ou iluminação pública q preste

  12. Que artigo incrível! A riqueza de detalhes e a clareza na
    exposição do tema são notáveis. Parabéns pelo trabalho
    excepcional, é evidente o esforço dedicado à produção
    deste conteúdo de alta qualidade. Continue
    enriquecendo-nos com sua expertise!

  13. Aquela praia é urbana portanto não tem o que se falar em mata de restinga. O que se criou ali foi uma mata por falta de cuidado com a praia.
    Agora inventaram esta de Mata de Restinga.
    Alí sempre foi uma grande faixa ade areia.
    O que precisava tirar éra o esgoto. Agora tem tem problemas o esgoto e uma mata para ser tirada, mas os mimizentos meteram esta de mata a ser preservada.
    Pronto falei.
    Que venham os mínimos. Kkkkk

  14. O projeto e lindo . Mais tem qye terminar primeiro o fluvial da feira que esta feichado e retonando para as casas do posto florestal . Onde eu pedi e mandei foto para o secretário Átila e ate hoje nao fez nada que o posto florestal deceu as manihas e a rua de pedra precisa ser levantada ..e tem mais aquela rua foi feita,em 2911 pelo prefeito valderico commuita honra e pelo secretario paulo gullar .carlinho freitas e gramacho tenho todas as fotos dessa obra eu pedi o sr Átila pra da uma olhada nesta rua ate hije nada de resposta .sr prefeito ja esta na hora de colocar gente e empressa seria pra trabalhar terminar as obras para entao oferecer outros servicos nao tenho bada contra o sr mais vamos trabalhar de verdade o iptu do posto florestal e caro a rua merece um tratamento obrigada

  15. Foi feito obra nesta rua em 2011 pelo prefeito valderico e seus secretariao paulo gular .carlinhos freitas e gramacho tenho as fotos provando .agora com o fluvial da feira feichado esta retornando a encher as casas desta rua por favor meu prefeito vamos concertar e terminar a obra da feita o iptu do posto florestal e caro a rua merece um tratamento especial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

POST SEMELHANTES

aconteceu

MAIS VISTOS