back to top
InícioILHÉUSPrefeitura de Ilhéus finaliza levantamento aéreo das principais áreas de risco do...
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Prefeitura de Ilhéus finaliza levantamento aéreo das principais áreas de risco do município

O projeto teve início em maio de 2023, com etapas de campo, processamento e entregas finalizadas em novembro do mesmo ano

Após as intensas chuvas registradas em abril de 2023, entre outros eventos anteriores, que tiveram como consequência grandes ocorrências de deslizamento de terra e alagamentos, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra) iniciou o mapeamento aéreo das maiores áreas de risco de Ilhéus. Conforme a pasta, foram mapeadas 30 grandes áreas da cidade, utilizando-se Aeronave Remotamente Pilotada, por empresa de consultoria com equipe técnica especializada.

Durante a campanha de campo, realizada entre os meses de maio e outubro de 2023, foram mapeados, com drone multirrotor, totalizando 781,7 hectares de terra. As áreas apresentam alta densidade urbana e são compostas em sua maior parte, de relevo acidentado, altos e morros. A estratégia visa fornecer informações precisas e apoiar a gestão pública com aquisição de produtos de alta qualidade.

O trabalho foi executado sob a supervisão da Gerência Municipal de Defesa Civil e ocorreu de forma integrada com os responsáveis pela utilização do espaço aéreo: a empresa NAV Brasil, responsável pela administração dos serviços de navegação aérea no Aeroporto de Ilhéus, além da aprovação de segurança do Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo da Força Aérea Brasileira (III CINDACTA – FAB).

“O caráter de emergência da operação foi prontamente entendido e atendido pelo CINDACTA III, na pessoa do 3º Sargento Rodrigues. Esse trabalho de cooperação e a liberação dos voos junto à Defesa Civil e ao Controle de Tráfego Aéreo de Ilhéus foram fundamentais para que obtivéssemos uma resposta eficaz”, explicou Camilla Torres, gerente da Defesa Civil do município.

Veja Também  Mutirão Social, em prol da população em situação de rua, acontece nesta quarta-feira (22)

Entre os produtos gerados e entregues à Defesa Civil, estão: 77 cartas imagem, 77 cartas hipsométricas, 3D e curvas de nível de todas as áreas contempladas, cuja proposta é dimensionar os danos causados pelo desastre e identificar os setores de risco e informações como quantidade de residências, acessos aos altos e infraestrutura próxima, além de informações métricas para anteprojetos de engenharia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

POST SEMELHANTES

aconteceu

MAIS VISTOS